Skip to content

Escola usa arma biológica contra a dengue

24/05/2010

Preocupados com os altos índices de casos de dengue no município, a equipe da Escola Presbiteriana Filadélfia (localizada no Jardim Bom Clima, região sul da cidade), resolveu dar sua contribuição. Nesta semana, os alunos, os professores, coordenadores e servidores administrativos, juntamente com a gestora, Suelene de Fátima do Nascimento, realizaram o plantio de sementes de Crotalaria juncea (nome científico da planta conhecida como crotolária) nas proximidades da escola. Os pais de alunos também ganharam porções da semente para que plantem a crotalária em lotes baldios na região de suas casas.

 

A crotalária é uma planta leguminosa de origem indiana que está sendo utilizada no combate à dengue. O procedimento é bastante natural: a planta que produz belas flores amarelas, atrai a libélula, que é um inseto predador do mosquito aedes aegypti, o vetor transmissor da dengue. “Lançamos mão desta planta porque ela é uma verdadeira arma biológica natural no combate ao mosquito da dengue e, com isso, estaremos contribuindo para a redução dos casos da doença, que tem alarmado a população”, disse a gestora.

 

Os alunos da Escola Filadélfia, segundo a diretora, Suelene Nascimento, estão conscientes de que é necessário que cada um faça sua parte para combater o mosquito, porque a dengue é uma doença que mata. “Por isso, plantamos a crotalária nas proximidades da escola para termos um eficiente inseticida natural contra a dengue que se alastra pela cidade”, diz a gestora.

 

A crotalária é uma planta de fácil manuseio e para garantir seu cultivo, basta mantê-la em ambiente úmido. Devido às suas propriedades está sendo chamada de planta repelente. Suas flores atraem as libélulas, insetos que precisam de água limpa e parada para colocar suas larvas, e suas larvas se alimentam das larvas do mosquito Aedes Aegypt. Depois de adulta, a libélula também se alimenta do mosquito da dengue, o que a torna uma ótima arma biológica natural para combater o transmissor da doença. A crotalária é tóxica para cães e gatos.

Fonte: Assessoria de Comunicação/SEMECT

 

 

 

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. semect permalink*
    26/05/2010 07:51

    Bom dia!

    É muito bom que nossas escolas estejam trabalhando no sentido de combater dengue.

    Parabéns para atividade em sua escola.

    Atenciosamente,

    SEMECT

  2. 25/05/2010 21:53

    Eu estudo na escola Adventista do Sétimo Dia e nossa escola tbm fez isso no fim da semana passada eu adorei ajudar o meio ambiente e vcs gostaram ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: