Skip to content

Secretária reúne diretores para detalhar o programa Mais Educação

19/04/2010

A Secretária Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, professora Virgínia Melo, reúne os diretores e coordenadores gerais das Escolas Municipais na tarde desta quinta feira, no Teatro Municipal para debater assuntos gerais pertinentes à gestão escolar. Será a última reunião da secretária com os diretores antes de sua viagem a Florianópolis (SC), dia 25/04, para participar do evento 11° GT Grandes Cidades.
A reunião da secretária com os gestores escolares será precedida pela reunião dos diretores com a equipe do Programa Mais Educação, marcada para esclarecer dúvidas acerca da sua execução propriamente dita e da parte financeira do mesmo.
Responsável pelo “Mais Educação” em Anápolis, a professora Ângela Faria se juntará à professora Virgínia Melo nos esclarecimentos dos detalhes da Portaria Interministerial nº 17/2007,  que  instituiu o programa,  iniciativa da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD/MEC), em parceria com a Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC) e com as Secretarias Estaduais e Municipais de Educação.  
O programa Mais Educação é operacionalizado por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e visa fomentar atividades para melhorar o ambiente escolar, e, ainda, aumentar a oferta educativa nas escolas públicas por meio de atividades optativas que foram agrupadas em macrocampos como acompanhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica. O Mais Educação surgiu com base em estudos desenvolvidos pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), utilizando os resultados da Prova Brasil de 2005. Nesses estudos destacou-se o uso do “Índice de Efeito Escola – IEE”, indicador do impacto que a escola pode ter na vida e no aprendizado do estudante, cruzando-se informações socioeconômicas do município no qual a escola está localizada. Por esse motivo a área de atuação do programa foi demarcada inicialmente para atender, em caráter prioritário, as escolas que apresentam baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). As atividades tiveram início em 2008, com a participação de 1.380 escolas, em 55 municípios, nos 27 estados para beneficiar 386 mil estudantes. Em 2009, houve a ampliação para 5 mil escolas, 126 municípios, com o atendimento previsto a 1,5 milhão de estudantes. Em 2010, a meta é atender a 10 mil beneficiando três milhões de estudantes.

Fonte: Portal MEC

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: