Skip to content

Projeto garante acesso aos livros aos usuários do transporte coletivo

19/03/2010

 

Para levar a Biblioteca até a população de modo que pessoas do povo tenham acesso à leitura nos períodos ociosos – enquanto esperam o ônibus, e em casa, nos momentos de descanso, é que a Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Educação Ciência e Tecnologia/Biblioteca Municipal Zeca Batista, institui o projeto Experimental de Leitura “Leve, Leia e Devolva”.

O evento está agendado para o dia 25 próximo às 16h30 no andar inferior do Terminal Urbano. Nesse dia a Biblioteca Municipal montará uma mini-biblioteca no interior do Terminal Urbano, na Praça Americano do Brasil, colocando à disposição dos usuários um total aproximado de 400 livros diversos (didáticos, de literatura, de Ciências) e revistas. “Os livros são usados, mas completos e em bom estado de conservação”, diz a professora Natalina Fernandes, diretora da Biblioteca e entusiasta da idéia. Ela informa que os livros são para empréstimo aos usuários dos coletivos. Só que, com um diferencial: ninguém controlará estes empréstimos.

Os interessados estarão se dirigindo à estante, escolhendo os livros que quiser ler e poderão levar os mesmos para casa, com o compromisso (com ele mesmo), de devolver ao término da leitura. “Em São Paulo, projeto semelhante funciona sem problemas, porque as pessoas já se conscientizaram da importância do rodízio dos livros podendo passar pelas mãos de todos; e se lá funciona bem, aqui também funcionará, porque nossa população também é formada por pessoas civilizadas, conscientes e sabedoras que livro fechado na biblioteca ou encostado em gavetas e/ou danificado, mutilado, faltando páginas, não traz resultado positivo para ninguém”, diz a diretora Natalina.

Ela confia que o projeto Experimental de Leitura “Leve, Leia e Devolva” já anunciado no interior do Terminal Urbano pela rádio informativa do logradouro, apresentará um resultado fantástico, levando a população a começar a prática da leitura. A pretensão é que a estante com os livros permaneça no terminal por mais de três meses, com os livros indo para a casa dos usuários do Terminal e regressando para a estante para serem levados por outras pessoas. “Os livros são para todos e queremos crer que o nível de conscientização será alcançado e que as pessoas não vão jogar os livros fora, nem danificá-los, nem pegar emprestado e não devolver”, diz a diretora da Biblioteca.

Fonte: Assessoria de Comunicação/SEMECT

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: