Skip to content

Prefeitura e Diretoria de Ciência e Tecnologia no projeto UniIncubadora de Empresas

16/07/2009

O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Mozart Soares Filho, o diretor de Ciência e Tecnologia, Fabrizio de Almeida, e o gerente de Indústria, Rober Bortolloto, se reuniram na manhã desta quinta-feira, 16, com o pró-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária da UniEvangélica, Francisco Itami Campos, o coordenador de Pesquisa, José Paulo Pietrafesa e o gerente de Incubadoras da UniEvangélica,  Rhogério Côrrea. O objetivo do encontro foi definir a participação da Prefeitura de Anápolis no projeto UniIncubadora de Empresas, idealizado pela instituição de ensino superior.
 
O diretor de Ciência e Tecnologia, Fabrízio de Almeida Ribeiro, explica que incubadora de empresas trata-se de uma organização que promove a criação e o desenvolvimento de empresas e de produtos inovadores a partir de pessoas capacitadas por entidades, tais como universidades, centros de pesquisas e empresas. “O objetivo de uma incubadora é reduzir a taxa de fechamento das pequenas empresas. Para isso as incubadoras empresariais oferecem um ambiente flexível e encorajador, com uma série de facilidades para o surgimento e crescimento de novos empreendimentos a um custo bem menor do que no mercado”, disse. Segundo ele, outra razão para a maior chance de sucesso de empresas instaladas em uma incubadora, é que o processo de seleção capta os melhores projetos e os empreendedores mais aptos. Isto ocasiona e amplia as possibilidades de maior sucesso dessas empresas.

O secretário Mozart Soares Filho destacou que outros encontros serão realizados junto com a Prefeitura Municipal para definir o lançamento do edital de seleção das empresas. Ele explicou que uma incubadora de empresas fornece a novos empreendedores e a equipes de pesquisas, um amplo aspecto de condições e serviços.  “O projeto prevê oferecer espaço físico numa espécie de condomínio que mantém fortes laços com instituições de ensino superior e centros de pesquisas, acesso aos laboratórios e eventos daquelas entidades, suporte compartilhado de serviços administrativos, acesso a especialistas em áreas especiais e mecanismos que promovem a sinergia e a formação de redes com outras empresas, entidades de ensino, pesquisa e agentes do desenvolvimento”, ressaltou. 

Fonte: ASCOM

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: